Publicidade

  • Redação

Justiça decreta prisão de Gabriel Monteiro por estupro

O ex-vereador Gabriel Monteiro teve a prisão preventiva decreta nesta segunda-feira (7) pelo juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, referente a uma acusação de estupro.


A vítima denuncia o ex-parlamentar por um crime que aconteceu em 15 de julho deste ano. Eles teriam se conhecido em uma boate na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e de lá foram para o Bairro de Joá, na casa de um amigo de Monteiro.


O processo corre em segredo de justiça, mas o jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, expõe relatos da vítima que acusa o ex-vereador de usar uma arma para forçar a relação sexual. E que ele a teria empurrado para cama, segurado seus braços e dado tapas em sua face.

Até o momento, Gabriel não se manifestou sobre a decisão da Justiça.


*Pleno News



Publicidade