Publicidade

  • Redação

Justiça concede sete dias para Nair Blair apresentar defesa na ação de impugnação



Após rejeição da candidatura de Nair Blair (Agir), na tarde desta terça-feira (23), a Justiça Eleitoral concedeu à candidata ao Governo do Estado do Amazonas sete dias para apresentar defesa na ação de impugnação ao seu registro de candidatura.


O pronunciamento foi publicado no Mural Eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

Confira a citação:

O esperado é que o Tribunal reúna para julgar o registro. A procuradora regional eleitoral, Catarina Sales Mendes de Carvalho, informa na ação que Nair está inelegível em razão de condenação transitada em julgado pelo crime de peculato.


Leia mais: Pivô da cassação de José Melo, Nair Blair é candidata ao Governo do AM

“Como Nair Blair ainda está cumprindo pena, evidente não ter transcorrido o prazo de oito anos desde o cumprimento ou extinção da pena, estando ela inelegível”, explica a procuradora.


Por meio de nota, a candidata e o partido Agir disseram que:

“Sobre a ação de impugnação requerida pelo Ministério Público Eleitoral, salientamos que o setor jurídico do partido já foi informado e está tomando as devidas providências.”


Amazonas

Publicidade