• Redação

‘Já vai tarde’, diz Menezes sobre destituição de Ramos da vice-presidência da Câmara



Manaus | AM

Desafeto declarado do deputado federal Marcelo Ramos (PSD), o pré-candidato ao Senado, Coronel Menezes (PL), comemorou a destituição do parlamentar amazonense do cargo de vice-presidente da Câmara dos Deputados a de forma irônica disse ao PODER que Ramos “já vai tarde”.


“’Tiau’ querido. Já vai tarde”, disse o militar da reserva do Exército Brasileiro.

No início de maio, Menezes afirmou em entrevista a uma rádio local que iria cobrar do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, o cargo ocupado por Ramos.


O amazonense perdeu a queda-de-braço com o Palácio do Planalto nesta segunda-feira (23), após o ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, reverter uma liminar que tinha concedido a favor do deputado, no fim de abril, que impedia o ex-partido de Ramos, o PL, de atuar para retirá-lo da vice-presidência da Câmara.


O Poder

Publicidade

Publicidade