Publicidade

  • Redação

Homem flagrado batendo em cachorro com ripa de madeira é militar do Exército


O homem que aparece em vídeo de circuito de vigilância batendo em um cachorro com uma ripa de madeira é militar do exército, segundo a própria mãe do suspeito. A informação foi confirmada por ela em uma rua do Bairro Novo Israel, na zona Norte de Manaus, no momento do resgate do animal feito pela Polícia Militar e pela equipe do S.O.S PET, liderada pelo voluntário e protetor de animais, Amauri Gomes.


“Infelizmente, o criminoso não estava no local. Encontramos a família dele que ainda veio querer justificar e defender. Reforçamos de forma energética que independentemente de conflitos entre vizinhos, que podem ter provocado a denuncia, bater em animal, ferir, é crime de maus-tratos e isso nunca ficará impune”, disse o defensor.


As imagens, que chegaram com a denúncia, mostram o suposto militar de capacete de motocicleta saindo de uma casa com um pedaço de madeira nas mãos. Ele anda em direção ao um animal e lança a ripa. As câmeras não capturam essa parte, mas é possível ver o cão chorando logo depois da agressão. O crime ocorreu no dia 6 de setembro, mas só agora a gravação veio à tona.


O caso foi registrado na Delegacia Especialista de Meio Ambiente, a Dema, que deve chamar o militar do exército - que não teve nome divulgado - para prestar esclarecimentos.


O cão foi levado para um abrigo e apesar do trauma, passa bem. Depois de avaliado em uma clínica veterinária, deve ser disponibilizado para adoção.


“Violência contra animais vem aumentando em uma proporção sem precedentes, por isso, nosso trabalho não pode parar. Contamos o apoio da população para tirarmos os animais desse ciclo de crueldade e colocarmos os agressores atrás das grades”, disse Amauri Gomes.


Denúncias podem ser feitas pelos canais da Polícia Militar e Civil no 190 ou 181. O protetor também disponibiliza um canal próprio de denúncias no 92 98176-4497. A identidade não é divulgada.



Publicidade