• Redação

Governo ucraniano acusa Lula de propaganda pró-Rússia



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi incluído, pelo Centro de Combate à Desinformação do governo da Ucrânia, em uma lista de pessoas que promovem propaganda pró-Rússia durante a guerra. As informações são do portal Metrópoles.


Em um relatório, que foi divulgado no dia 14 de julho, foram listadas 78 pessoas. O conteúdo aparece no site do Centro de Combate à Desinformação do governo ucraniano e faz parte da guerra de narrativas entre Rússia e Ucrânia.


Foram listados políticos, jornalistas, cientistas políticos, analistas, entre outros, que deram opiniões favoráveis à Rússia. Lula é o único brasileiro do relatório.


O petista é acusado de dizer que a Rússia deveria liderar a nova ordem mundial e de afirmar que o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, é tão culpado pela guerra quanto o líder russo Vladimir Putin.


*Pleno News

Publicidade

Publicidade