top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Governo do Amazonas realiza evento internacional para discutir futuro da economia sustentável

Conferência promovida pela Companhia Amazonense de Desenvolvimento e Mobilização de Ativos (Cada) acontece nos dias 19 e 20 deste mês, em Manaus

Nos dias 19 e 20 de dezembro, o Governo do Amazonas, por meio da Companhia Amazonense de Desenvolvimento e Mobilização de Ativos (Cada), realiza a 1ª Conferência Internacional de Finanças Sustentáveis e Economia Criativa, no Salão Rio Solimões, anexo do Centro Cultural Palácio Rio Negro, na avenida Sete de Setembro, 1.058, Centro. O evento é gratuito e conta com apoio da Companhia de Valores Mobiliários (CVM).

Nos dois dias de programação, autoridades e especialistas irão discutir sobre temas relacionados ao desenvolvimento da região com foco em tecnologia e economia sustentável, além do fomento do mercado de capitais e os desafios para o futuro, objetivando a preservação ambiental.

Dentre algumas presenças confirmadas estão o diretor-presidente da Cada, Acram Isper Jr.; o presidente da CVM, João Pedro Nascimento; o diretor da ABCripto, Bernardo Sur; a chefe de divisão de Finanças do Consumidor, Seguros e Previdência da Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Flore-Anne Messy; e a chefe do Departamento de Desenvolvimento Urbano, Patrimônio e Turismo do BNDES, Luciane Gorgulho.

O diretor-presidente da Cada, Acram Isper Jr., que será um dos palestrantes, explica a importância do Amazonas sediar, de forma pioneira, o evento de grande relevância para o setor econômico, empresarial e governamental.

“O evento é um marco histórico no desenvolvimento sustentável do Amazonas, aprofundando debates de suma importância para o setor econômico, empresarial e governamental de toda a sociedade, principalmente no que concerne à preservação ambiental e ao fomento do mercado financeiro sustentável e criativo, promovendo o engajamento entre organizações do terceiro setor e as oportunidades disponíveis no estado”, aponta.

Para João Pedro Nascimento, que estará em Manaus nos dois dias de conferência, a visão integrada, a temática da preservação ambiental, associada à Agenda ASG, são uma forma de se gerar oportunidades de desenvolvimento econômico e social por meio do mercado de capitais.

“Eu costumo dizer que o futuro é verde e digital, e que é necessário demonstrar e enaltecer a vocação do Brasil na pauta das finanças sustentáveis e da chamada Agenda ASG (ambiental, social e de governança). Também neste sentido, o mercado de capitais – segmento regulado pela CVM – deve ser visto como uma ferramenta poderosa para o cumprimento de políticas públicas”, assinala o presidente da CVM, reguladora do mercado de capitais no Brasil.

As inscrições para a conferência internacional estão abertas e podem ser feitas pela plataforma Sympla, por meio do link https://www.sympla.com.br/evento/i-conferencia-internacional-de-financas-sustentaveis-e-economia-criativa-da-amazonia/1801026/.

Programação

A organização do evento priorizou trazer para o debate assuntos que buscam enfatizar o potencial da Amazônia para o futuro verde e digital.

No dia 19, na abertura da conferência, Acram Isper Jr. vai falar sobre “Amazônia: Realidade e Desafios”. No mesmo dia, o presidente do Comitê de Investidores de Varejo da Organização Internacional de Valores Mobiliários (Iosco, na sigla em inglês) e analista sênior da Consob, Pasquale Mufano, conduz palestra sobre “Finanças Sustentáveis”.

Será a primeira vez que a Iosco estará na Amazônia, o que mostra o interesse do mercado financeiro em criar produtos e fomentar o desenvolvimento sustentável, voltado para realidade amazônica.

Os debates no segundo dia de conferência vão dar a vez a palestras sobre Mercados Voluntários de Carbono na Região Amazônica, Biodiversidade e Finanças, Oportunidades de Desafios para o futuro com Amazônia Mais Verde, além de apresentar os projetos em desenvolvimento no estado.

FOTO: Diego Caja/Cada

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page