• Redação

General adverte Barroso após ele chamar manifestante de “mané”


O general Paulo Chagas usou as redes sociais para direcionar o que chamou de “alerta” ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, após o magistrado chamar de “mané” um brasileiro que o interpelou nas ruas de Nova Iorque, nos Estados Unidos.


Em postagem no Twitter nesta quarta-feira (16), Chagas afirmou que “todo o poder emana do povo” e disse ao ministro para ter “cuidado com a cólera das multidões”.


– Dita pelo senhor ministro Luiz Roberto Barroso, a frase do momento é “perdeu, mané!”, dirigida a um brasileiro que o interpelava em NY. Com todo respeito e no mesmo nível, eu o alerto: Se liga, mané, todo o poder emana do povo! Quem avisa amigo é, cuidado com a “cólera das multidões”!! – escreveu o militar.


Cansado de “manter a pose” diante de protestos, o ministro rebateu o manifestante durante sua viagem aos Estados Unidos, onde esteve para participar de uma conferência organizada pelo LIDE (Grupo de Líderes Empresariais). O magistrado bradou um sonoro: “Perdeu, mané. Não amola”.


A resposta foi ao questionamento de um homem sobre a liberação do código-fonte das urnas eletrônicas ao Ministério da Defesa, para que a auditoria fosse completa, segundo solicitaram os militares.


– O senhor vai responder as Forças Armadas? Vai deixar o código-fonte ser exposto? O Brasil precisa dessa resposta, ministro – questionou o manifestante, na ocasião.


A frase logo repercutiu nas redes sociais, tornando-se um dos assuntos mais comentados do Twitter na última terça-feira (15).


Pleno News

Publicidade

Publicidade