top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Futuro ministro da Defesa fala em ‘despolitizar’ as Forças Armadas



Anunciado nesta sexta-feira (9), como futuro ministro da Defesa do governo Lula, o ex-deputado José Múcio Monteiro disse que é preciso “despolitizar” e “despartidarizar” as Forças Armadas. Ele ainda afirmou ter o sonho de fazer a “pacificação” da caserna.

– O que eu proponho? Que nós voltemos a ser o que sempre fomos e deu certo. Os militares guardiões, uma instituição de Estado e sem participar de política – afirmou, em entrevista à Globonews.


E continuou.

– É uma volta ao passado? Não. É uma volta ao que sempre foi nas Forças Armadas. A despolitização, e mais, a despartidarização das Forças Armadas é uma coisa absolutamente necessária para o país – seguiu.


Monteiro disse avaliar que as Forças Armadas demonstram não dar apoio a “qualquer movimento” de base golpista ou antidemocrática, mas reconheceu que há uma forte divisão política entre os militares.


– As Forças Armadas têm demonstrado que não apoiam qualquer movimento desses golpistas. Evidentemente que têm suas preferências. Se você me dizer que temos três Forças, sou capaz de dizer que temos seis Forças. O Exército, a Marinha e a Aeronáutica que gostam de Bolsonaro; e o Exército, a Marinha e a Aeronáutica que gostam de Lula – disse.


Monteiro declarou que é hora de pacificar os ânimos e evitar tocar em pontos nevrálgicos na tensa relação entre Lula e a caserna.

– Meu sonho é pacificação. Estou sonhando que essas coisas se acalmem, que os próximos dias passem. Temos, todo mundo, que ceder um pouco, não adianta esse discurso de quem manda mais – declarou.


*AE

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page