• Redação

Frio, idoso preso por estuprar menino autista convidou policiais para 'tomar cafezinho'




Manaus/AM – O idoso de 74 anos que é dono de um restaurante e foi preso na manhã desta quarta-feira (1), por estuprar um menino autista de 12 anos, no bairro Colônia Antônio Aleixo, surpreendeu no momento da prisão ao convidar os policiais para tomar café da manhã, como se nada estivesse acontecendo.


A frieza do criminoso, que já foi condenado por estuprar e matar uma menina de 10 anos em 2010, chamou a atenção da delegada Joyce Coelho e dos demais agentes: “Ele não alegou nada, estava super tranquilo, frio e nos convidou para tomar um cafezinho com pão”, destaca.


Para a polícia, o homem já demonstrou que não tem condições de viver em sociedade e representa um risco iminente para o garoto que o denunciou e para outras crianças: “Ele demonstrou que tem capacidade de continuar cometendo crimes tão graves quanto o cometido em 2010, apesar de ter hoje já ter 74 anos de idade”, afirma a delegada.

Joyce conta que vai acionar a Justiça para que o menino que foi a vítima mais recente do homem, fique seguro, uma vez que o idoso já assassinou a vítima anterior.

A menina foi estrangulada após revelar o crime para a esposa dele.


Holanda

Publicidade

Publicidade