top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Entenda como funciona a gratuidade no transporte público de Manaus e saiba quem tem direito


Em 2023, a estimativa é de que 300 mil alunos possam ser beneficiados, o que corresponde à quantidade de estudantes que devem ser matriculados nas redes públicas estadual e municipal de Manaus.

Em 2022, primeiro ano de vigência do Passe Livre Estudantil, 170.577 estudantes fizeram uso do benefício, sendo 120.338 da rede estadual e 50.239 das escolas municipais.

Como funciona

Cada aluno tem direito a até 44 passagens mensais, não cumulativas, proporcionais ao número de dias letivos de presença exigida nas instituições de ensino, que são 22 dias. Alguns dos requisitos são:

  • Ser estudante da rede municipal e estadual de ensino

  • Ter idade acima de cinco anos

  • A escola frequentada pelo estudante deverá ser em Manaus

  • A escola deverá ser a mais de um quilômetro de distância de onde o estudante mora

Caso a cota mensal seja integralmente utilizada, o estudante que necessitar utilizar o transporte coletivo pagará o valor correspondente à metade da tarifa pública básica, por meio de recarga eletrônica de seu cartão. O número é limitado a 16 passagens adicionais mensais. Como ser beneficiado

Alunos devem estar com dados atualizados para obter Passe Livre Estudantil em Manaus. Para facilitar a concessão do benefício, as escolas estaduais encaminham a lista dos alunos enquadrados no perfil do programa para o cadastro no sistema “Passa Fácil 2023”, da prefeitura.

O cadastro dos estudantes é automático devido ao cruzamento de dados das matrículas na rede estadual com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). Porém, é importante que o aluno esteja regularmente matriculado e com os dados atualizados na escola em que iniciará o ano letivo.

Se o aluno foi beneficiado em 2022, não é necessário fazer um novo cadastro, pois ele é automático.

Caso o estudante não tenha cadastro junto ao Sinetram, ele deve solicitar a emissão do cartão Passa Fácil. O agendamento ocorre por meio do site www.sinetram.com.br ou pelo “Aplicativo Cadê Meu Ônibus”.

Para retirar o cartão, basta ir ao posto selecionado, portando documento de identidade ou certidão de nascimento. Nos casos de menores de 18 anos, é necessário estar acompanhado de um responsável.

Rede privada e ensino superior Os estudantes da rede particular e do ensino superior de Manaus têm direito à meia-passagem estudantil, ou seja, pagam metade do valor a cada viagem (R$ 1,90). Atualmente, o valor da passagem inteira nos ônibus de Manaus está fixado em R$ 3,80.

Inclusive, o cadastramento e recadastramento está aberto desde desta terça-feira (17), até o dia 28 de fevereiro.

A gratuidade não é válida para os alunos do ensino superior da rede pública.

Os estudantes da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e Instituto Federal do Amazonas (Ifam) têm acesso ao benefício da meia-passagem.

O benefício é garantido pela Prefeitura de Manaus e pode ser solicitado por meio do site estudantes.manaus.am.gov.br até o dia 28 de fevereiro.

Fonte: G1 AM

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page