Publicidade

  • Redação

Empresa seleciona “testador de doces” com salário de R$ 33 mil



O anúncio de uma empresa canadense tem despertado o interesse e a curiosidade dos loucos por doces, os “formiguinhas” de plantão. Trata-se de uma vaga para “chief candy officer”, algo como um diretor de doces.


O emprego parece dos sonhos tanto pelo ofício quanto pela remuneração, pois está sendo oferecido 100 mil dólares canadenses (cerca de R$ 400 mil) por ano apenas para a degustação de doces.

A empresa, que se chama Candy Funhouse, publicou a vaga no LinkedIn, rede social voltada ao mercado profissional.


O futuro chief candy officer poderá trabalhar de casa, mas é exigido que more ou em Toronto, no Canadá, ou na região de Newark, no estado de Nova Jérsei, nos Estados Unidos. A idade mínima exigida é outro fator surpreendente: 5 anos.


O anúncio frisa também a importância de o candidato não ter nenhuma alergia alimentar e ainda possuir “papilas gustativas de ouro”.


O trabalho “árduo” do profissional consiste em provar pelo menos 3 mil e quinhentos doces por mês. Além disso, a empresa deseja que o candidato tenha uma mente criativa e um amor por doces. Dentre os benefícios, é oferecido plano odontológico.


A responsabilidade do novo funcionário será a de decidir quais novos itens serão incorporados ao catálogo, além de liderar as reuniões do “conselho de doces”.

As inscrições para a vaga inusitada vão até o final deste mês.


*Pleno News

Publicidade