• Redação

Em visita ao Porto Chibatão, Wilson afirma que Anéis Viários Sul e Leste vão desafogar transporte

Governador destacou importância econômica do porto para o Amazonas


O candidato à reeleição para novo mandato como governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil); e o candidato à vice-governador, Tadeu de Souza (Avante), visitaram, nesta sexta-feira, 19 de agosto, o Porto Chibatão, um dos maiores complexos portuários privado da América Latina.

Wilson ressaltou que a estrutura tem grande importância econômica no contexto do Polo Industrial de Manaus (PIM); e que tem direcionado ações que terão impacto direto, por exemplo, na agilidade do transporte de cargas, como a construção da maior obra de mobilidade urbana de Manaus.

"O Governo tem papel importante para garantir a viabilidade de empreendimentos como esse. Garantir segurança jurídica com relação à Zona Franca de Manaus, dotar de infraestrutura necessária, como a que a gente está fazendo agora, com os Anéis Leste e Sul; que vão tirar as carretas da avenida General Rodrigo Otávio e do V8. Aquelas que vão para a AM-010 e BR-174 vão passar a circular pelo Anel Leste, saindo do Distrito Industrial", detalhou o governador.

O complexo de 27 quilômetros vai interligar as zonas norte, leste e sul e aumentar a fluidez no trânsito, beneficiando moradores dessas áreas e o Polo Industrial da capital.

No porto, o governador foi recebido pelo administrador e fundador do Porto Chibatão, José Ferreira de Oliveira “Passarão”. No local, ele conversou com despachantes aduaneiros e recebeu apoio dos trabalhadores.

Wilson percorreu a estrutura do porto, que tem, ao todo, 1 milhão de metros quadrados e capacidade de carga estática de 40 mil TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés).

"Estamos aqui no maior porto da região norte do Brasil, um dos maiores do país. Por aqui passa toda a economia da nossa região, aqui desembarcaram as matérias primas para a fabricação de produtos do Distrito Industrial; e daqui saem os produtos acabados", disse o governador.

"Ele tem uma importância muito grande porque o principal acesso que se faz à nossa região é através dos rios. É uma mega estrutura que está pronta para atender o Brasil inteiro", concluiu Wilson.

O Porto Chibatão atende importantes armadores como Hamburg Süd, Maersk Mercosul Line, Log-In, CMA-CGM, MSC e também de navios de carga geral e produtos siderúrgicos que se destinam ao Polo Industrial.


Vídeo da visite de Wilson Lima ao Porto Chibatão.

Fotos: Alex Pazuello

Edição Web - Felipe David

Publicidade

Publicidade