Publicidade

  • Redação

Educadora da Prefeitura de Manaus irá participar de evento internacional


A educadora da Prefeitura de Manaus, professora Marinez Teixeira de Melo, da escola municipal José Sobreira do Nascimento, localizada na comunidade Nossa Senhora de Fátima, Tarumãzinho, zona ribeirinha, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), vai participar do evento “inEnlightED”, que reúne os mais destacados especialistas internacionais em educação, tecnologia e inovação, para refletir sobre os desafios no campo da aprendizagem na era digital, que vai acontecer de 16 a 18 de novembro em Madrid, Espanha.


No decorrer do evento, a educadora participará também do workshop "Uma Aventura Matemática”, espaço no qual ele poderá colocar em prática suas inovações e comparar suas ideias com a visão de seus pares sobre a didática da matemática em sala de aula.


A educadora ganhou destaque, porque, desde 2017, incorporou em suas propostas didáticas e experiência em sala de aula com alunos do ensino fundamental, da zona ribeirinha de Manaus, recursos pedagógicos digitais disponibilizados pela programa ProFuturo, que contempla conteúdos e recursos tecnológicos, permitindo a personalização da aprendizagem em sala de aula, contando com o projeto Aula Digital, que incorpora a inovação nas escolas por meio da tecnologia e de novas metodologias de ensino e aprendizagem com as maletas digitais.


O trabalho da educadora foi desenvolvido na disciplina de matemática, primeiro na escola municipal Epitácio Nunes da Fonseca, localizada no quilômetro 21, BR-174, de 2017 até o final de 2021. Em 2022, a educadora começou a executar a mesma prática em maio na escola José Sobreira, na zona ribeirinha. Na primeira unidade, a docente trabalhou com aproximadamente 50 alunos e, na segunda, a educadora trabalhou com quase 80 alunos, do 3º e 4º ano do ensino fundamental.


Segundo a chefe da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Rural, Rosa Denise, a escolha da educadora, em meio a tantos outros professores da Semed, em um evento internacional desse porte pode ser caracterizada como superação.


“A palavra é superação, porque nós temos as nossas especificidades. Nós temos uma geografia muito diferenciada dentro da zona rural, e saber que uma professora nossa superou toda a nossa geografia, superou todas as dificuldades e vai a Madrid representar a zona rural é motivo de orgulho pela superação dela. E é motivo para a gente se emocionar também por essa conquista”, destacou.


A professora Rosa Denise ressaltou, ainda, o empenho e dedicação da professora Martinez em sala aula. “Conheço a professora não é de agora e eu sei que o trabalho dela é um referencial há muitos anos e esse reconhecimento, essa valorização, só podemos ter graças à nova gestão do prefeito David Almeida e da nossa secretária Dulce Almeida que valoriza os nossos profissionais”, disse.


Para a educadora, a participação no evento vai ser uma oportunidade única na sua vida e vai ajudar a desmistificar que professores e alunos de escolas da zona rural de Manaus têm menos possibilidade de se destacar em atividades, ações, projetos de grandes proporções.


“Como profissional apaixonada por educação, assim, é uma emoção tão grande que nem sei explicar o que estou sentindo por poder partilhar uma experiência única no exterior, onde eu vou ter contato com diversos países e representar o meu Estado. E isso é um orgulho muito grande, principalmente por ser professora de uma escola de Manaus, que fica localizada lá na zona ribeirinha, onde a gente precisa mostrar para o aluno que não é um coitadinho, mas sim que deve ser reconhecido e respeitado também pela sociedade. Então isso para mim é muito importante e uma honra”, salientou a educadora Marinez.


Além disso, ela fará parte do grupo pioneiro de professores que ajudará a projetar a primeira comunidade de aprendizagem do ProFuturo focada em matemática. Em relação ao convite, ele abrange passagens, hospedagem, alimentação, documentação, bem como traslados na Espanha e no Brasil.


ProFuturo


Atualmente, há 313 unidades de ensino da rede municipal de ensino que executam o programa ProFuturo, que em Manaus é executado pela Fundação Vitória Amazônica (FVA) e que foi efetivado a partir de uma parceria entre a Fundação Telefônica Vivo e Semed.


A educadora foi escolhida a partir do banco de dados da FVA, onde há informações do trabalho de aproximadamente 3 mil educadores que trabalham com as maletas digitais em Manaus. Segundo o assistente de gerente de projetos da FVA, Zevaldo Sousa, a educadora foi escolhida por meio desse banco de dados, mas, principalmente, pela sua dedicação e trabalho diferenciado com seus alunos, utilizando tecnologia, com auxílio direto da maleta e da plataforma ProFuturo.


“A professora Marinez é uma das profissionais de excelência de Manaus, que tem utilizado a maleta digital desde 2017, ou seja, a partir do início da execução do projeto na capital amazonense, trabalhando desde da base com os alunos a usar tecnologia, com inovação e de uma forma que eles participem do processo de organização da maleta, que é uma coisa que muitos professores não conseguem fazer. Além disso, ela consegue fazer com que os alunos participem do processo de criação de atividade. E esse conjunto de qualidades fez com que ela se destacasse assim”, explicou.


-- -- --

Texto - Emerson Santos/ Semed

Fotos - Henrique Santos/ Semed

Publicidade