• Redação

Eduardo Braga tem pedido de anulação de pesquisas da Pontual negado pela Justiça

Manaus/AM – O candidato ao governo, Eduardo Braga, teve um pedido de liminar junto à Justiça Eleitoral do Amazonas no qual acusa a empresa Pontual de fraudar cinco pesquisas de intenção de votos nas eleições de 2022 divulgadas recentemente.


No pedido, Braga alega que foram encontradas uma série de irregularidades na execução das pesquisas como a mesma data de divulgação para todas elas;  a inconsistência de dados referentes à idade, renda e grau de instrução dos entrevistados; e também perguntas relacionadas a candidatos à presidência, quando a pesquisa se refere apenas à eleição para governador.


Todas as alegações foram analisadas, mas segundo o juiz Márcio André Lopes Cavalcante, nenhuma irregularidade foi encontrada nas pesquisas eleitorais.


Por conta disso, a solicitação de Braga foi indeferida e as pesquisas continuam válidas. Acompanhe a decisão na íntegra no documento a seguir.


Clique para baixar arquivo


*

Publicidade

Publicidade