• Redação

Diamante rosa de 170 quilates é encontrado em Angola



A empresa australiana Lucapa Diamond Company informou nesta quarta-feira (27) que descobriu um diamante rosa de 170 quilates (ou 34 gramas), em uma mina localizada em Angola.


Apelidado de Rosa do Lulo, visto que foi encontrado na mina de Lula, no nordeste do país africano, este seria o maior diamante rosa puro descoberto nos últimos 300 anos e um dos maiores da história.


– Apenas um em cada 10.000 diamantes é todo coberto pela cor rosa. Então, certamente estamos olhando para um artigo muito raro quando encontramos um diamante rosa muito grande – afirmou o CEO da companhia, Stephen Wetherall.


A descoberta “histórica” ​​do diamante tipo IIa, uma das formas mais raras e puras de pedras naturais, foi bem recebida pelo governo angolano, que também é parceiro da mina.


O ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás do país, Diamantino Azevedo, disse em comunicado que “este recorde mostra como Angola continua importante no cenário mundial para a mineração de diamantes”.


– Esse recorde e o espetacular diamante rosa recuperado no Lulo [nome da mina] continuam a posicionar Angola como um ator importante no cenário mundial – ressaltou.


De acordo com um comunicado, a concessão do Lulo possui os dois maiores diamantes recuperados em Angola, sendo que o Rosa do Lulo é o quinto maior diamante e o 27º com mais de 100 quilates já encontrado na mina.


Para Azevedo, a descoberta “demonstra o potencial e as recompensas pelo compromisso e investimento em uma crescente indústria de mineração de diamantes”.


O diamante será vendido em um leilão internacional, provavelmente por um preço impressionante, segundo estimativas. O diamante mais caro já vendido foi o Pink Star de 59,6 quilates. Ele foi arrematado num leilão em Hong Kong em 2017 por 71,2 milhões de dólares (aproximadamente R$ 377,84 milhões).


*Pleno News

Publicidade

Publicidade