• Redação

Deputado propõe PEC para que motoristas de aplicativo recebam auxílio



Um novo relatório da “PEC dos Benefícios” será apresentado, na quarta-feira (6), à Câmara dos Deputados, e terá processo de votação em uma comissão especial.


O deputado relator da proposta, Danilo Forte (União-CE), sugeriu uma ampliação no “Auxílio Gasolina” para motoristas de aplicativo e que seja o texto do “estado de emergência” seja retirado. O texto permite que o governo gaste mais do que o Teto de Gastos dispõe.


A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) prevê a criação do “Auxílio Diesel” de R$ 1 milpara caminhoneiros e o “Auxílio Gasolina” de até R$ 300 para taxistas.

Além disso, a PEC propõe aumento de 50% no valor do Auxílio Brasil (de R$ 400 para R$ 600) e no “Vale-gás” (para cerca de R$ 120, a cada 2 meses).


Durante sessão, o presidente da Frente Parlamentar dos Caminhoneiros, deputado Nereu Crispim (PSD-RS), ressalta que a medida é temporária e válida até dezembro deste ano, e que, por isso, não resolve problemas enraizados.


Na terça-feira (5), mais de mil prefeitos vão se reunir para protestar contra a PEC, em Brasília.

LEIA MAIS:

Publicidade

Publicidade