Publicidade

  • Redação

Debilidade de Amazonino faz com que seu vice vá para o interior em busca de votos

Os eleitores do candidato Amazonino Mendes (Cidadania) em Maués, ficaram frustrados com a ausência dele neste sábado (17). O candidato que já passa dos 80 anos, não tem condições de percorrer o interior do Estado, dado a sua avançada idade e seu estado de saúde já muito debilitado por conta de complicações do diabetes.


Os eleitores aguardavam ansiosos Amazonino, mas tiveram que se contentar com a presença do vice, o ex-deputado Humberto Michiles (PSDB). Quem recebeu a comitiva foi o ex-prefeito do município, Padre Carlos. Os médicos recomendaram que Amazonino evite grandes esforços afim de não comprometer seu estado de saúde que já é por aí só frágil e requer cuidados.


A ausência de Amazonino nos compromissos de campanha tem sido também apontada pelos analistas políticos como um dos fatores de sua queda nas pesquisas. Na interpretação do eleitorado, o velho cacique já não reúne as condições necessárias para ocupar o cargo de maior mandatário do Estado. A preocupação é que o governo acabe ficando nas mãos do vice e do grupo que orbita em torno de Amazonino.


Amazonino já na pré-campanha dava sinais de cansaço e fadiga. Ele chegou a passar mal em diversos momentos. Na convenção que lançou sua candidatura, vídeos mostrando a debilidade física dele circularam na internet e por último, uma entrevista a uma emissora local teve que ser cancelada porque Amazonino estaria sentindo dores.


Ao que tudo indica, Amazonino continuará fazendo campanha de casa e com voltas esporádicas em seu Jeep para gerar conteúdo. Apenas isso.


Por: Moisés Dutra | Editor-Chefe Portal e Tv in9

Foto: rede social

Publicidade