top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Copa: Terceiro jornalista morre durante a cobertura do torneio



Aumentou para três o número de jornalistas que morreram durante a cobertura da Copa do Mundo do Catar com a confirmação, na última terça-feira (13), da morte de Roger Pearce, de 65 anos, que atuava como diretor do departamento de transmissões da emissora britânica ITV Sport.


Pearce morreu no dia 21 de novembro, o segundo dia de jogos da Copa; mas a morte foi divulgada publicamente apenas nesta semana. Ao jornal britânico The Mirror, o diretor de Esportes da ITV, Niall Stone, confirmou o óbito e falou sobre o colega.


– Ele era brilhante diretor técnico e um colega e amigo maravilhoso. Trabalhou na ITV por mais de 40 anos com lealdade à empresa. Nossos pensamentos estão com sua família e aqueles que eram próximos dele – declarou.


A causa da morte dele não foi confirmada, nem os motivos para que a divulgação fosse tão tardia. Além desse caso, o americano Grant Whal e o fotojornalista catariano Khalid Al-Misslam também morreram no país desde o começo do torneio.


Pearce era conhecido no jornalismo esportivo britânico e participou de diversas coberturas significativas na história, incluindo a Copa do Mundo e a Eurocopa. De acordo com amigos de Roger, o profissional estava a apenas cinco semanas de se aposentar.

*Pleno News

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page