top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Com R$ 66,5 milhões, Lula lidera repasses de fundo eleitoral



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o candidato às eleições gerais de 2022 que mais recebeu verba pública à campanha eleitoral, mostram os dados liberados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quarta-feira (24). A decisão a respeito da quantia que será ou não disponibilizada para o candidato é do comando dos partidos da coligação de Lula

PUBLICIDADE

Desde que os recursos começaram a ser distribuídos aos partidos, neste mês, o PT já repassou R$ 66,7 milhões para a campanha do ex-presidente ao Palácio do Planalto. Os valores são referentes ao Fundo Eleitoral e Partidário. Ambos saem dos cofres públicos. O Fundo Eleitoral neste ano é de R$ 4,9 bilhões. Já o Fundo Partidário é de R$ 1,1 bilhão.

Entre os postulantes a cargos majoritários (presidente, governador e senador), o segundo colocado é Alexandre Kalil (PSD), candidato ao governo de Minas Gerais, que recebeu até o momento R$ 16 milhões. Ele é seguido por Fernando Haddad (PT), candidato ao governo de São Paulo, com R$ 14,8 milhões.


O presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em 9º lugar na arrecadação. Foram R$ 5 milhões de recursos repassados por partidos. A repartição é feita conforme o tamanho da bancada de cada sigla no Congresso e o desempenho delas nas últimas eleições presidenciais.


Vale destacar que este levantamento é parcial. Isso porque os partidos receberam, até aqui, só 15% dos quase R$ 5 bilhões do fundo eleitoral que vão irrigar as candidaturas até o final do segundo turno.


CONFIRA O TOP 10

  1. Lula (PT) – Presidente – R$ 66,7 milhões

  2. Alexandre Kalil (PSD-MG) – Governador – R$ 16 milhões

  3. Fernando Haddad (PT-SP) – Governador – R$ 14,8 milhões

  4. Marcelo Freixo (PSB-RJ) – Governador – R$ 8,8 milhões

  5. Onyx Lorenzoni (PL-RS) – Governador – R$ 6 milhões

  6. Danilo Cabral (PSB-PE) – Governador – R$ 5,7 milhões

  7. Fatima Bezerra (PT-RN) – Governadora – R$ 5,3 milhões

  8. Carlos Orleans Brandão (PSB-PE) – Governador – R$ 5 milhões

  9. Jair Bolsonaro (PL) – Presidente – R$ 5 milhões

  10. Simone Tebet (MDB) – Presidente – R$ 5 milhões

*Pleno News

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page