top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Cerca de 6,4 mil luminárias de LED vão ser implantadas nos municípios do Amazonas


Manaus – No sábado (17), 450 toneladas dos equipamentos que serão utilizados para a modernização de iluminação pública foram encaminhadas para os municípios de Benjamin Constant e Tabatinga (a 1.121 e 1.108 quilômetros de Manaus, respectivamente). Juntas, as duas cidades da região de fronteira vão receber a implantação de 4,9 mil luminárias de LED, a partir da próxima semana, pelo programa Ilumina+ Amazonas.


Na sexta-feira (16), foram enviados os equipamentos para São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus), que terá 1,5 mil pontos de iluminação pública modernizados.


Devido à localização dos municípios, a logística exige todo um aparato especial. Ao todo, foram transportadas 450 toneladas de equipamentos, em duas balsas, que vão navegar por uma semana para chegar até as cidades.

A segunda balsa, com a maior quantidade de equipamentos (300 toneladas), sairá de Manaus na segunda-feira (19), e deve chegar aos dois municípios do Alto Solimões na sexta-feira (23/09). A primeira parada será Tabatinga, em seguida os materiais seguirão em outra embarcação para Benjamin Constant.


De acordo com o coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo, até o final do ano, 27 municípios serão contemplados.


“Chegou a vez de os municípios da fronteira receberem os benefícios do Ilumina+ Amazonas. Ele tem revolucionado os municípios porque está trazendo economia para os municípios, segurança, bem-estar, as famílias conseguem sair às ruas, às praças, aos parques, fazer caminhadas à noite, porque eles têm, hoje, uma cidade mais iluminada e mais segura”, destacou.


Ilumina+ Amazonas


O programa já está presente em 15 municípios e 22 comunidades rurais. São mais de 33 mil luminárias de LED, mais econômicas e sustentáveis, que já foram implantadas, substituindo lâmpadas a vapor de sódio, vapor metálico e mistas, que são poluentes e prejudiciais ao meio ambiente.


Conforme vistoria prévia realizada pela UGPE, serão instaladas 3,3 mil luminárias de LED em Tabatinga, 1,5 mil em Benjamin Constant e 1,6 mil em São Gabriel da Cachoeira.

A logística fluvial é a única opção para transportar essa quantidade de luminárias e todo material utilizado para a instalação nesses municípios. As balsas vão navegar por uma semana, pelos rios Negro e Solimões, até as cidades de fronteira. A mobilização começa agora e as equipes devem iniciar a instalação no próximo fim de semana, com conclusão prevista para outubro.


Além das luminárias, também embarcaram 12 veículos e outros materiais necessários para a execução dos trabalhos.


“Nós estamos embarcando duas cidades que ficam no Alto Solimões, Benjamin Constant e Tabatinga. Estamos falando em torno de cinco mil pontos que serão instalados nessas duas cidades. Nosso ponto de apoio vai ser Tabatinga, que é uma cidade maior que Benjamin e faremos todo o transbordo através de embarcações menores e iniciaremos os trabalhos de forma simultânea”, salientou o engenheiro civil Anderson Bittencourt, diretor operacional da Avanço Construções, empresa contratada para executar os serviços.


As luminárias de LED, além de proporcionar mais luminosidade nas vias, garantem economia de energia de 60%, em média. Duram dez vezes mais do que as lâmpadas convencionais e são consideradas a alternativa mais sustentável para o meio ambiente, pois não contém mercúrio em sua composição e, ao final da vida útil, todos os componentes poderão ser reciclados.


Fotos - Divulgação

Edição Web - Felipe David

Com informações da assessoria*



Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page