top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Casal confessa participação no assassinato de motorista de aplicativo durante assalto


BRASIL| A Justiça de Alagoas decretou na tarde desta quinta-feira (18) a prisão preventiva de Yuri Livramento dos Santos e Maristela Santos de Souza, casal procurado pelo assassinato da motorista por aplicativo Amanda Santos. O mandado foi expedido em caráter de urgência, pela 2ª Vara Criminal da Capital, após os dois se entregarem à polícia na delegacia de Rio Largo.


De acordo com a defesa, ambos admitem participação no crime e dizem estar arrependidos. Em sua decisão, o juiz Carlos Henrique Pita Duarte, que presidiu a audiência, classificou o crime como bárbaro.

Amanda foi assassinada na noite de segunda (15) depois de aceitar uma corrida para Marechal Deodoro. Jackson Vital dos Santos, 27 anos, foi o primeiro a ser preso e confessou o crime. Ele contou à polícia que estrangulou a motorista por ela ter reagido ao assalto. Foi ele quem apontou a participação do casal no crime.


Via - G1

Edição Web - Felipe David


Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page