Buscas por desaparecidos após enchente em Pernambuco encerram com 128 mortos


As buscas por pessoas desaparecidas após uma enchente que causou deslizamentos em Pernambuco encerraram com 128 pessoas mortas. Os bombeiros encontraram o corpo da última vítima que estava desaparecida, Mércia Josefa do Nascimento, 43, em Camaragibe.

O desastre deixou 9.302 pessoas desabrigadas e 34 cidades em situação de emergência. Ao todo, 57 cidades foram atingidas pelas chuvas.


Mércia ficou soterrada após uma barreira deslizar no dia 28 de maio.


A irmã da mulher, Rute Soares Nascimento, 49, também morreu soterrada e teve o corpo encontrado no último dia 30. Já os dois filhos de Mércia foram resgatados com vida no dia do deslizamento e encaminhados para um hospital.


O governador Paulo Câmara anunciou ontem (3) que cerca de 82 mil famílias em situação de extrema pobreza que foram atingidas pelas chuvas em Pernambuco receberão auxílio emergencial de R$ 1,5 mil.


A proposta, encaminhada para Assembleia Legislativa, também prevê o pagamento de pensão vitalícia de um salário mínimo para as famílias das 128 pessoas que morreram na enchente em Pernambuco. O valor será pago para as famílias inscritas no CadÚnico nos 31 municípios que decretaram situação de emergência.


O projeto também prevê um repasse de R$ 123 milhões do governo estadual para as prefeituras que farão o cadastro das famílias desabrigadas.


Holanda

Publicidade

Publicidade