• Redação

Brasileira presa na Tailândia por tráfico é condenada a 9 anos de prisão



A defesa de Mary Hellen Coelho Silva, a jovem brasileira presa na Tailândia por tráfico de drogas junto com dois outros brasileiros, foi condenada pela justiça do país asiático a 9 meses e 6 meses de prisão. A informação foi divulgada hoje pela advogada de Mary Hellen em rede social.


Mary Hellen foi presa em 14 de fevereiro transportando, junto com seus colegas, 15,5 kg de cocaína em três malas – uma carga avaliada em cerca de R$ 7 milhões pelas autoridades. A família da jovem chegou a temer que ela receberia pena de morte, já que a legislação do país prevê esse tipo de punição, mas isso não se concretizou.


A advogada da brasileira, Kaelly Cavoli Moreira, foi quem divulgou a informação e disse que membros do Consulado Brasileiro a informaram do resultado do julgamento, realizado ontem. De acordo com a descrição da advogada, a pena é “de 9 anos e 6 meses de prisão, sendo divididos em dois anos por crime civil e 7 anos e seis meses por crime penal”.

A defensora até comemorou o resultado do julgamento, alegando que tal pena é “compatível com o regime brasileiro”. Agora, os advogados aguardam cópias dos documentos do julgamento para estruturar os próximos passos.

Publicidade

Publicidade