Publicidade

  • Redação

Bombeiros retiram último veículo de rio onde ponte desabou na BR-319 no Amazonas

Manaus/AM - Uma carreta que transportava cimento foi o último veículo retirado do Rio Curuçá após o desabamento de uma ponte na BR-319, no dia 28 de setembro.


O Corpo de Bombeiros retirou o veículo da água na tarde desta quinta-feira (6).


Com a retirada da carreta, o trabalho de içamento foi encerrado, com o total de 10 veículos retirados do rio. Agora as equipes continuam as buscas pelo servidor da Funasa João Nascimento Fernandes, de 58 anos, que segue desaparecido.


O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) iniciará ainda neste fim de semana, os trabalhos para montagem de uma ponte provisória no local. A BR-319 é a única ligação do Amazonas ao restante do país por via terrestre.


A ponte começou a apresentar afundamento no dia 26 de setembro e dois dias depois desabou sobre o rio. No momento do acidente havia uma fileira de veículos na ponte, que foram parar dentro do rio deixando quatro mortos e 14 feridos.


*Holanda

Publicidade