Publicidade

  • Redação

Bolsonaro sobre novo presidente da Colômbia: “Não tem Deus”



Em um culto evangélico nesta quarta-feira (20) em Taguatinga, região administrativa do Distrito Federal, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a fazer críticas ao presidente eleito da Colômbia, Gustavo Petro. Durante seu discurso, o líder brasileiro afirmou que o ex-guerrilheiro “não tem Deus no coração”.


– Olhem o que está acontecendo no Chile, para onde começa a ir a nossa Colômbia, depois da eleição de alguém que não tem Deus no coração – afirmou.


A reunião com José Arruda, irmão do guarda municipal petista Marcelo Arruda, morto a tiros em sua festa de aniversário pelo policial penal Jorge Guaranho, também foi alvo de comentários do chefe do Executivo. Ao falar do assunto, o presidente disse que “não tem explicação” para o episódio que resultou na morte do petista.


– Conversamos com o irmão daquele que faleceu, onde a imprensa tentou botar no meu colo a responsabilidade pelo episódio lamentável e injustificável. Brigas existem, mas como aquela não tem explicação, do nada. Do nada, deixando chefe de família morto, não interessa coloração político-partidária daquela pessoa – afirmou.


Mais cedo, o deputado federal Otoni de Paula (MDB-RJ), intermediador da reunião, revelou que Bolsonaro prestou solidariedade à família enlutada e reconheceu que o aniversariante foi a única vítima do caso.


Aos presentes no culto evangélico, Bolsonaro também voltou a comemorar a redução do preço dos combustíveis na ponta da linha após políticas de desoneração.

– A inflação será negativa nesse mês que estamos, os combustíveis estão despencando. Não é fácil enfrentar um lobby tão poderoso como esse, dos combustíveis – completou.


*AE


Publicidade