Publicidade

  • Redação

Bolsonaro recusa convite para sabatina do Estadão


A campanha do presidente da República Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, informou que ele não irá participar da série de sabatinas com os presidenciáveis organizada pelo Estadão em parceria com a Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP).


Bolsonaro foi sorteado para abrir a série de encontros com os quatro principais candidatos ao Palácio do Planalto, entre os dias 16 e 21 de setembro – sempre a partir das 10 horas, na sede da fundação, em Higienópolis, na capital paulista.


Para substituir a sabatina presidencial, será realizado nesta sexta-feira (16), no mesmo local, um debate. Especialistas vão discutir caminhos e propostas para o país e ações que poderão ser adotadas pelo futuro presidente. O evento terá transmissão online pelo Estadão e também nas redes sociais da FAAP.


Participam deste debate Priscila Cruz, presidente executiva do Todos pela Educação e mestre em Administração Pública pela Harvard Kennedy School; Náila Nucci, professora da FAAP e assessora jurídica do Conselho Regional de Medicina de São Paulo; e Pedro Nery, colunista do Estadão e doutor em Economia. O evento terá três blocos de discussões. Uma cadeira vazia será colocada no palco para simbolizar a ausência de Bolsonaro.


Além do presidente, outros três candidatos foram convidados para as sabatinas Estadão/FAAP: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e a senadora Simone Tebet (MDB-MS).


A assessoria de Lula informou que ele não vai participar. Ciro e Simone já confirmaram presença nos eventos. A candidata do MDB será entrevistada na segunda-feira (19) e o postulante do PDT na quarta-feira (21).

*AE



Publicidade