top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Bolsonaro financiava motociatas, guloseimas e antidepressivos com cartão corporativo


As compras realizadas no cartão corporativo do presidente Jair Bolsonaro começaram a ser divulgadas nesta segunda-feira (23), e mostram que o dinheiro público foi usado deliberadamente para comprar guloseimas, combustíveis para motociatas e até remédios controlados.


As informações dos gastos já tinham sido divulgadas há alguns dias, mas ainda não havia detalhes específicos sobre em quê os valores foram usados.


Informações destes tipos eram confidenciais até o fim do mandato, mas foram liberadas pela própria Secretaria-Geral da Presidência da República, após terem sido expostas primeiramente pela agência “Fiquem Sabendo", especializada em pedidos pela Lei de Acesso à Informação.


Durante todo o Governo Bolsonaro, os gastos com o dinheiro público foram alvo de críticas por diversas vezes e com a divulgação dos dados do cartão corporativo, o escândalo voltou ao centro das polêmicas.




Fonte: Portal do Holanda

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page