Publicidade

  • Redação

Bolsonaro alerta: “Querem me dar golpe para me tirar do poder”


Nesta segunda-feira (13), o presidente falou mais um vez sobre as eleições deste ano e fez um novo alerta. Segundo Bolsonaro, querem dar “um golpe” para tirá-lo do poder. Em entrevista à rádio CBN Recife, ele também disparou críticas contra o ministro Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


O comentário foi feito ao defender uma apuração simultânea de votos durante a eleição.

– Querem me dar o golpe para me tirar do poder. É fácil resolver isso aí, vamos deixar a apuração simultânea do lado. Qual o problema? – indagou.

Bolsonaro então citou um exemplo do que seria parte deste golpe.


– Quando se fala em golpe, há duas semanas o ministro Fachin convida em torno de 70 embaixadores e fala para eles, de forma indireta, mas diz exatamente que o presidente estaria preparando um golpe, que quer desacreditar o sistema eleitoral e diz mais: que ao anunciar o resultado [das eleições] os seus respectivos chefes de Estado devem reconhecer imediatamente o ganhador. Ou seja, será que o retrato do final das eleições de 2022 já está pronto no TSE? – questionou.


Ele também garantiu que sua preocupação é dissipar uma “dúvida” sobre a apuração das eleições.

– Ninguém quer dar golpe. Não quero é que volte para o Brasil alguém sem apoio popular – destacou.


PLENO NEWS

Publicidade