Publicidade

  • Redação

Bloqueios em rodovias caem para 86 nesta quinta, diz PRF


O número de bloqueios em rodovias federais caiu para 86 no início da manhã desta quinta-feira (3), de acordo com dados divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas redes sociais. Na comparação com a manhã desta quarta (2), quando o número de pontos de interdição era de 167, a quantidade caiu quase pela metade.


De acordo com a PRF, 776 manifestações já foram desfeitas. A movimentação começou ainda no último domingo (30), após o resultado do segundo turno das eleições presidenciais ser confirmado. Na segunda (31), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que medidas fossem tomadas para a desobstrução das vias.


Na manhã desta quinta, os bloqueios seguem nos estados do Acre, Amazonas, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rondônia, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A unidade da federação com o maior número de ocorrências é Santa Catarina, com 30 bloqueios. Na sequência, aparece Mato Grosso, com 27 interdições.


BOLSONARO PEDE DESOBSTRUÇÃO DAS ESTRADASO presidente Jair Bolsonaro (PL) direcionou uma mensagem a seus apoiadores nesta quarta-feira (2) fazendo um apelo para que as rodovias sejam desobstruídas e que o direito de ir e vir seja respeitado. Por outro lado, ele chamou as demais manifestações de “legítimas” e as classificou como “espontâneas”.


– Brasileiros que estão protestando por todo o Brasil, sei que vocês estão chateados, estão tristes, esperavam outra coisa. Eu também estou chateado e tristes como você, mas temos que ter a cabeça no lugar – ponderou o chefe do Executivo.

Ele prosseguiu dizendo que os protestos “são muito bem vindos”, mas o fechamento de rodovias não é legal.


– O fechamento de rodovias pelo Brasil prejudica o direito de ir e vir das pessoas, que está na nossa Constituição. E nós sempre estivemos dentro dessas quatro linhas. Tem que respeitar o direito de outras pessoas que estão se movimentando, além do prejuízo à nossa Economia. (…) Eu quero fazer um apelo a você: desobstrua as rodovias – pediu.


O chefe do Executivo finalizou pedindo que seus apoiadores não pensem mal dele, e destacou estar pensando no bem de todos.

– Ao longo desse tempo todo à frente da Presidência, colaborei para ressurgir o sentimento patriótico, o amor à Pátria, as nossas cores verde amarela, a defesa da família e da liberdade. Não vamos jogar isso fora, vamos fazer o que tem que ser feito. Estou com vocês, e tenho certeza de que vocês estão comigo. O pedido é sobre as rodovias, vamos desobstruí-las pelo bem da nossa nação – enfatizou.


*Pleno News


Publicidade