top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Anderson Sousa quer mais autonomia para municípios e garante divisão igualitária de recursos

O prefeito de Rio Preto da Eva assume a presidência da AAM com a meta de ampliar captação de recursos para investimentos pelas prefeituras

Novo presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), o prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Sousa (União Brasil), garante que vai lutar pela obtenção de mais recursos para investimentos pelas prefeituras. Sousa vai comandar a instituição que reúne os mandatários de 62 cidades amazonenses para o biênio 2023/2024.


“Nosso objetivo é fazer uma associação forte. Primeiro com técnicos para preparar as prefeituras a receberem recursos junto ao governo federal na área de saúde, assistência social, educação e infraestrutura. Ter um corpo técnico que possa orientar melhor os prefeitos. Vamos ao governo federal e estadual, restabelecer o FTI”, disse.


Anderson Sousa também defendeu o destacamento de emendas específicas por parte do governo para atender às demandas municipais em áreas como saúde, educação, assistência social e infraestrutura. Ele também enfatizou que vai lutar para que o governo federal aporte recursos para o combate aos crimes ambientais por parte das prefeituras.


“Quem cuida do meio ambiente é o município, você não vê guarda florestal do governo do estado ou federal, mas vê a municipal, presente com a secretaria de meio ambiente cuidando para que não possa haver desmatamento em grande porte. O município não recebe nada para isso, é uma distorção que precisa mudar e queremos fazer isso através dos projetos de sequestro de carbono”.


A frente da AAM, Anderson garante que haverá divisão igualitária entre as áreas que precisam de recursos. No entanto, ele reforça que a principal defesa será pela permanência do homem do interior em seu município de origem.


“Precisamos de investimento para termos em cada município o seu polo de desenvolvimento. É preciso beneficiar os produtos e industrializar, dentro dos municípios, para que o município possa ganhar receita e gerar emprego e renda”, pontuou.

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page