top of page

Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
  • Redação

Alexandre de Moraes quebra sigilo de assessor de Bolsonaro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, ordenou a quebra do sigilo bancário do tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid, ajudante de ordens do presidente Jair Bolsonaro. As informações são da Folha de S. Paulo e do site Congresso em Foco.


Moraes considerou, em sua decisão, as suspeitas de uma investigação da Polícia Federal (PF), que teria encontrado no telefone de Mauro Cid mensagens que levantaram suspeitas no que diz respeito a transações financeiras feitas no gabinete do chefe do Executivo.


A assessoria da Presidência nega qualquer irregularidade.

Ainda não há acusação ou confirmação das suspeitas levantadas pela PF.


*Pleno News



Publicidade

950x250-1 - banner samel.png
bottom of page