Publicidade

  • Redação

Aleam vai gastar R$ 854 mil com títulos de Cidadão do Amazonas a artistas nacionais


Manaus/AM – As honrarias de título de Cidadão do Amazonas vão custar até R$ 854 mil aos cofres da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) em todo o ano de 2021. Só no início deste mês, os parlamentares já protocolaram cerca de 10 projetos que visam homenagear personalidades ou autoridades de fora do Estado com medalhas e placas que vêm sendo customizadas e produzidas por uma gráfica localizada em Manaus. A empresa trata-se da M C ESPERANCA EIRELI, inscrita no CNPJ Nº 22.129.362/0001-10, cuja dona é a empresária Maria Conceição Esperança. De março deste ano até março de 2022, a proprietária vai faturar o total de R$ 854.932,08 da Aleam. Por mês, o pagamento será de R$ 71.244,34. Localizada no bairro Praça 14, zona Sul de Manaus, o estabelecimento realiza, principalmente, “serviços combinados de escritório e apoio administrativo”. Mas também faz outras 87 atividades secundárias, que variam entre serviços de usinagem, obras, comércio de móveis e serviços gráficos. Com capital social de R$ 250 mil, essa empresa também foi contratada no ano passado, por um ano, no valor de R$ 712.443,40. ‘Cidadãos do Amazonas’ Só nesses quatro primeiros meses de 2021, os parlamentares já apresentaram cerca de 10 projetos com objetivo de conceder títulos de Cidadão do Amazonas. O primeiro deles foi conferido ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), em visita feita a Manaus, no final de abril deste ano. A proposta foi de autoria do deputado Delegado Péricles (PSL). Deputado Delegado Péricles (PSL) foi o autor da proposta de conceder o título de ‘Cidadão do Amazonas’ ao presidente da República, Jair Bolsonaro. Procurada, a Assembleia Legislativa do Amazonas afirmou que não necessariamente será utilizado o valor total, visto que trata-se de um empenho. Afirmou, ainda, que o contrato é estimativo e por demanda, “sendo pago de acordo com a necessidade”. “Esse valor é do empenho global do contrato com a empresa. Não significa que pagará esse valor porque o contrato é estimativo mensal, em torno de R$ 71 mil. É um contrato por demanda, que vai sendo pago de acordo com a necessidade da Assembleia. A empresa foi vencedora de um processo de licitação, cujo objeto é atender as honrarias das sessões especiais e solenes da Assembleia, em reconhecimento às ações de amazonenses em benefício da população. Entre elas estão, os Títulos de Cidadão do Amazonas , medalha Ruy Araújo, Diplomas de honra ao mérito, Medalhas Inês de Vasconcellos, Medalhas do Grande Mérito Legislativo, entre outras agraciados do povo amazonense”.

Source: https://portalmanaus24h.com.br/aleam-vai-gastar-r-854-mil-com-titulos-de-cidadao-do-amazonas-a-artistas-nacionais/

Publicidade